segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

20 º aniversário do Jornada Mundial da Juventude, em Czestochowa, onde participaram pela primeira vez os jovens do leste europeu

Por ocasião da beatificação de João Paulo II e do 20º aniversário da Jornada Mundial da Juventude, comemorado em Czestochowa, em 1991, o semanário católico “Niedziela”, com sede em Czestochowa, começou a coletar documentos e testemunhas de pessoas que participaram do evento. O Dia Mundial da Juventude de 1991 teve lugar em 14 e 15 de agosto de 1991, em Czestochowa, e teve um forte valor simbólico: se tratava de um grande santuário mariano ao qual o Papa João Paulo II era muito ligado, além disso a localidade se encontrava na Polônia, terra natal do pontífice e país que tinha apenas saído da órbita do regime soviético. Pela primeira vez na história das Jornadas Mundiais da Juventude, o número de participantes superou um milhão e pela primeira vez participaram os jovens do leste europeu. "Um milhão e quinhentos mil peregrinos em casas, mosteiros, escolas, paróquias ... foi uma coisa grande não só para a Polônia, mas para toda a Europa. Esperamos de modo especial o testemunho de pessoas provenientes do leste da Europa", disse à Fides Anna Cichoblazińska, redatora do Niedziela. Todas as memórias e documentos, incluindo em formato eletrônico, podem ser enviados a Niedziela via e-mail:. sdmczestochowa@niedziela.pl, indicando o próprio nome, endereço e permissão para publicar o material disponibilizado que será catalogado e disponibilizado no site da Niedziela, e também será publicado no semanário, sem excluir a possível publicação de um livro.

Fonte: Agência Fides

I Mostra Cenáculo de Teatro Religioso


América Latina cada vez mais missionária

Da América Latina chegam cada vez mais notícias à Agência Fides que indicam o crescimento do compromisso missionário ad gentes e da sensibilidade missionária. Em 24 de fevereiro, a Irmã Paula Guerreiro, da Comunidade Missionária Servos do Evangelho, na Argentina, partiu para Israel, onde vai trabalhar para a paz na conturbada Faixa de Gaza. A religiosa que fará 15 anos de vida religiosa, em 25 de maio próximo, já havia trabalhado na Diocese de Morón, na Casa dos Cegos. Dois anos atrás, em 8 de janeiro, foi fundada a comunidade de seu instituto em Israel, onde intenso era o conflito em Gaza. Naquele momento, vendo suas irmãs ir a esse país em crise, teve um só pensamento: "Deus conta comigo" e hoje realizou seu desejo.
 
Também do Uruguai uma religiosa partiu para a missão na República Centro-Africana. Irmã Solange Badaraco, das Missionárias Franciscanas do Verbo Encarnado, receberá o mandato missionário no domingo, 27 de fevereiro, na Paróquia Sagrada Família, em Montevidéu. Irmã Solange é uruguaia, tem 37 anos, e mais há mais de dois anos fez os votos perpétuos. No ano passado, graças à sua formação como enfermeira, passou dois meses em missão no Haiti após o terrível terremoto.
 
Em 21 de fevereiro, a Agência Fides relatou a notícia de três religiosas que partiram do Brasil para Porto Príncipe, capital do Haiti (ver Fides de 21/02/2011), onde vão trabalhar para ajudar as crianças e adolescentes. O trabalho a ser realizado faz parte da solidariedade entre a Igreja no Brasil e a Igreja no Haiti. Em novembro passado, nas Pontifícias Obras Missionárias (POM) da Argentina, foi celebrada a Santa Missa de "Envio Missionário" de Pe. Dante De Sanzzi, que de Secretário Nacional da Pontifícia União Missionária (PUM), foi enviado de sua diocese San Justo em missão diocesana a Sumbe, em Angola (ver Fides 5/11/2010).

Como recorda o Documento de Aparecida no nº 376: "O mundo olha para a nossa Igreja na América Latina e no Caribe, e espera um compromisso mais significativo para a missão universal em todos os continentes. Para não nos fechar em nós mesmos, temos de nos preparar como discípulos missionários sem fronteiras, prontos para ir para a "outra margem".

Fonte: Agência Fides

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Pré-Carnavalesco católico: Jovens organizam bailes de carnaval com direito a evangelização

Muita alegria, música, samba-enredo e marchinhas. Para quem gosta de pular o carnaval sem drogas, álcool e em um ambiente familiar, grupos da Arquidiocese de Juiz de Fora oferecem essa alternativa. No próximo fim de semana, sábado e domingo (26 e 27), os jovens católicos realizam pré-carnavalescos que prometem ganhar nota 10 no quesito animação.

Pré-carnavalesco com Cristo

No sábado, dia 26, a Renovação Carismática Católica (RCC) promove uma festa animada e com muita evangelização. É o Pré-carnavalesco com Cristo que acontece dia 26 de fevereiro, sábado, a partir das 20h. O local é no pátio do escritório do grupo (Rua São João, 306, Centro, Juiz de Fora).

A entrada é R$   3. Os convites podem ser comprados no próprio escritório ou na hora. O evento vai ser animado pelo Ministério de Música Ruah.

Vicente Folia

Já no domingo, 27, a Sociedade São Vicente de Paulo, organiza o Vicente Folia. O horário é das 15h às 18h, na Rua São Sebastião, 412, Centro de Juiz de Fora (sede da Sociedade São Vicente de Paulo).

A entrada é franca. Quem anima a festa é a banda católica Amigos pela Fé, junto com músicas do projeto Cristo Hit’s. “O objetivo é proporcionar um carnaval alternativo, levando a palavra de Deus através das músicas cristãs, com um ritmo super animado”, destaca o coordenador de comunicação do grupo, Wandemberg Rodrigo Medeiros.

O evento é organizado pela Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP).

Outras informações:

Fernanda Silva (RCC): (32) 8832-2509

Wandemberg Medeiros (Vicentinos): (32) 8818-5609 / 3223-4372

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese JF: (32) 3229-5450
 

Fonte: Assessoria de Comunicação - Arquidiocese Juiz de Fora
Local: Juiz de Fora (MG)

Líbia: Jornal do Vaticano fala em "massacre"

"Osservatore Romano" faz eco das tomadas de posição da comunidade internacional que pedem o fim do regime de Muammar Kadhafi.

O jornal do Vaticano, «L'Osservatore Romano», fala na sua edição em italiano de hoje em «massacre» na Líbica, como consequência da repressão violenta dos protestos contra o regime de Muammar Kadhafi.

Num artigo que domina a primeira página, intitulado «O mundo pede Kadhafi que pare» (Il mondo chiede a Gheddafi di fermarsi), o quotidiano diz que "está a assumir dimensões assustadoras o massacre em curso na Líbia".

Nesse contexto, refere-se a uma "fúria" desencadeada pelo regime "contra a revolta", bombardeando os manifestantes em Tripoli, capital líbia.

O jornal recorda o discurso público de Kadhafi, no qual o ditador líbio "ameaçou com uma repressão bem pior".

A Rádio Vaticano acrescenta a estas informações os dados avançados por Sayed al Shanuka, membro líbio do Tribunal Penal Internacional, segundo o qual os confrontos entre os opositores ao regime e os seus apoiantes e forças de segurança já terão feito, pelo menos, 10 mil mortos e 50 mil feridos.

Em declarações à televisão Al Arabiya, o presidente da Comissão de Justiça e Democracia do tribunal também referiu que "desde que Khadafi chegou ao poder assassinou milhares de pessoas e também milhares de presos".

Para a emissora radiofónica do Vaticano, estes números mostrariam que "o coronel usou punho duro desde o início dos protestos", a 15 de Fevereiro, citando informações que aludem à existência de "fossas comuns com centenas de corpos".

As condenações de responsáveis da comunidade internacional encontram eco nos órgãos de comunicação social do Vaticano, particularmente as recentes intervenções de Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU, e de Barack Obama, presidente dos Estados Unidos da América.

Obama disse que a situação de violência e violação dos direitos humanos que se vive na Líbia é "escandalosa e inaceitável".

Moon, por seu lado, afirmou em tom de advertência que "os responsáveis pelo brutal derramamento de sangue de inocentes devem ser punidos".

Na sequência dos confrontos, a agência da União Europeia para a vigilância de fronteiras, Frontex, acredita que podem chegar aos países comunitários entre 500 mil a 1,5 milhões de pessoas originárias da Líbia e do norte de África.

Esta manhã, Bento XVI e os responsáveis pela diplomacia do Vaticano afirmaram que é "urgente" resolver os conflitos abertos "nalguns países árabes".


Fonte: Agência Ecclesia

Cesp descumpre sentença e ameaça sítios arqueológicos de 7 mil anos

Área de 3 usinas na divisa de MS com SP guarda tesouro arqueológico parcialmente resgatado. Nova decisão fixa multa diária de R$ 5 mil.

A Justiça acatou pedido do Ministério Público Federal (MPF) e determinou que a Companhia Energética de São Paulo (Cesp) cumpra, sob pena de multa, a sentença na qual foi condenada a realizar monitoramento e resgate arqueológico nas margens de três hidrelétricas no Rio Paraná, na divisa entre São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os trabalhos só poderão terminar após análise de todos os locais atingidos pelas usinas.

Para evitar a aplicação de multa diária de R$ 5.000,00, a CESP deve comprovar, em 60 dias, a continuidade do monitoramento. A decisão deve ser cumprida mesmo com o recurso já ajuizado pela Cesp.

Pesquisas levantaram a existência de 333 sítios arqueológicos na região de Três Lagoas, sendo pelo menos 169 na margem direita do Rio Paraná, em Mato Grosso do Sul. Nos sítios já explorados foram coletadas 80 mil amostras de valor histórico, algumas datadas de sete mil anos. Entre elas, pontas de lança, fragmentos de cerâmica e urnas funerárias. Desde outubro de 2009, os sítios arqueológicos de Três Lagoas estão sem qualquer monitoramento ou resgate, entregues à ação destrutiva da erosão.

A Cesp foi condenada, em abril de 2010, a manter, indefinidamente, o programa de estudos e resgate arqueológicos na região das Usinas Sérgio Motta (Porto Primavera), Souza Dias (Jupiá) e Ilha Solteira por tempo indeterminado, mas não cumpriu a sentença.

Entenda o caso

Em 2001, o MPF em Três Lagoas propôs um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) em que a Cesp se comprometeu a monitorar os sítios arqueológicos na usina Porto Primavera por dois anos. A empresa não cumpriu o acordo, tendo sido necessária execução judicial. O início efetivo dos trabalhos foi em janeiro de 2004, encerrando-se em dezembro de 2005.

Em 2005, o Ministério Público Federal recomendou que a Companhia prorrogasse os estudos por pelo menos mais dois anos e estendesse o monitoramento para as usinas de Jupiá e Ilha Solteira. A recomendação não foi acatada, o que levou ao ajuizamento da ação na Justiça Federal. Decisão liminar de abril de 2006 determinou a retomada dos estudos mas a Cesp só a cumpriu a partir de setembro de 2007, interrompendo os trabalhos em outubro de 2009.

Patrimônio histórico ameaçado

Uma pesquisa coordenada pelos arqueólogos Emília Kashimoto e Gilson Martins, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), levantou a existência de 333 sítios arqueológicos na região de Três Lagoas, sendo pelo menos 169 na margem direita do Rio Paraná, em Mato Grosso do Sul.

Durante o trabalho, foram coletadas 80 mil amostras de valor histórico, entre pontas de lança, fragmentos de cerâmica e urnas funerárias, algumas datadas de sete mil anos. Os estudos antropológicos revelaram que a área foi habitada por caçadores coletores pré-históricos e povos indígenas.

Uma significativa área arqueológica foi inundada pelos reservatórios das usinas de Jupiá e Ilha Solteira - que foram construídas na década de 1970, antes da exigência de estudos de impacto ambiental e, portanto, sem a preocupação de preservação do meio ambiente e do patrimônio cultural. Esse patrimônio pode ser perdido com a erosão causada pelas usinas e a destruição das margens.

Referência processual na Justiça Federal de Três Lagoas: 0000789-37.2005.403.6003

Fonte: www.prms.mpf.com.br


Confira a edição comemorativa de Mundo e Missão

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Dancas_tribos_fang.wmv

Agradecimento ao Ano Novo - Tailândia.wmv

Torre Bangcoc - Viagem do Pe. Pedro Facci - Diretor da Mundo e Missão a Indochina

JMJ Madrid: concurso para os participantes

Qual é o significado da Jornada Mundial da Juventude Madrid 2011? Quem o descrever melhor, será premiado com mil euros e uma bolsa de estudos completa para estudar um Mestrado em Comunicação Áudio-visual na Universidade espanhola Francisco de Vitoria.

Foi anunciado o concurso internacional de comunicação “Sentinelas do amanhã”, promovido pela Fundação ‘Clonica Blanca’ e dirigido a jovens jornalistas ou estudantes de comunicação. O concurso premiará varias categorias: publicações impressas, áudio-visuais, reportagens radiofônicas e digitais e é aberto a jovens espanhóis e estrangeiros.

As inscrições vão até o dia 15 de maio, mas só serão recebidos trabalhos publicados até o dia 1º do mesmo mês. As regras do concurso estão no site: www.cronicablanca.org. animar e ambientar os grandes atos da JMJ, a organização do evento está lançando também um concurso de vídeos. De duração de cerca de 90 segundos, as imagens devem mostrar aspectos relacionados aos jovens, ao Papa, à Igreja ou a outras JMJ.

Para

Os testemunhos de vida cristã, catequeses simples, metáforas e analogias da Bíblia serão projetados nas quase 20 horas de espera entre os eventos ao longo da semana, intercaladas a conexões diretas com outros pontos de todo o mundo.

Inspirados no tema da Jornada 2011: “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”, os vídeos devem ter tom jovem e alegre, e principalmente, estilo audiovisual moderno e atrativo.

Os vídeos podem ser enviados até o dia 30 de abril, e os detalhes do concurso estão em: http://envideomadrid.org/enviavideo.php
 

Fonte: Rádio Vaticano
Local: Madrid

JMJ Madrid: "Dias nas Dioceses"

De 11 a 15 de agosto de 2011, as 63 dioceses espanholas “oferecerão aos jovens que virão do exterior a possibilidade de viver um tempo de convivência com seus coetâneos” – foi o que explicou Javier Igea, responsável pelo programa “Dias nas dioceses”, que acolherá cerca de 300 mil jovens de mais de 130 países para a JMJ de Madrid.

Em coletiva de imprensa, terça-feira, Javier informou que a iniciativa tem um programa próprio, disponível na Internet, no site www.dedmadrid11.com.

“Dias nas dioceses” englobará atividades culturais, visitas históricas, momentos de festa, e tempos de oração e celebração nos santuários locais. Atualmente, mais de 150 mil jovens, de 137 países, já se inscreveram para a JMJ.

Muitas cidades da Espanha estão se esforçando para que o alojamento e a alimentação sejam gratuitos para participantes de países com problemas econômicos. É o caso de Ciudad Real, onde 2 dentre os dois mil jovens estrangeiros, serão hospedados 260 haitianos.

Fonte: Rádio Vaticano
Local: Madrid

JMJ Madrid: vermelho, cor do amor cristão

Os participantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de Madrid 2011 receberão um cachecol vermelho como símbolo do “sangue derramado com amor e por amor a Cristo” – segundo afirma o Bispo de Córdoba, Dom Demetrio Fernández González, à agência ACI.

“Em sua longa história bimilenária, a cor vermelha é para os cristãos a cor do sangue dos mártires; é a cor do Espírito Santo” – disse o bispo espanhol, que especificou que “o cachecol vermelho que os jovens cordobeses estão recebendo estes dias é o vermelho do amor cristão, que construiu a história, apoiado em Jesus Cristo”.

No último dia 19 de fevereiro, milhares de jovens se reuniram em Córdoba ao redor de atividades musicais e litúrgicas preparatórias para a JMJ.
 

Fonte: Rádio Vaticano
Local: Córdoba    

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Ávila prepara Congresso Internacional de Universidades

Universitários refletirão sobre intelectuais convertidos do século XX
 
A Universidade Católica de Ávila acolherá o Congresso Internacional de Universidade Católicas nos dias 12 a 14 de agosto – dentro dos atos da JMJ de Madri – , em que se prevê a participação de 50 universidades católicas do mundo.

Para preparar este Congresso, acontece de 25 a 27 de fevereiro nessa cidade espanhola o 57º Encontro de Universitários Católicos (EUC).

Nesse evento os universitários trabalharão sobre os intelectuais convertidos do século XXI, com destaque para o filósofo Maritain, o escritor Claudel, o cientista Girad e o médico  Gemelli.

Todos esses intelectuais – e muitos outros – testemunham a força criativa da fé e se apresentam como desafio a imitar por cada um dos universitários do século XXI.

Fonte: Zenit

Exercícios espirituais de Carnaval para jovens


Assembleia da Infância e Juventude Missionária em Sergipe

Nos dias 19 e 20 de fevereiro de 2011, aconteceu na cidade de Salgado/SE, a Assembléia da IAJUM, onde contamos com a prasença das três dioceses de nosso estado.

No encontro o jovem coordenador diocesano de Aracaju, fez o repasse do ENAJUMI (3º Encontro Nacional da Juventude Missionária) que se realizou em Brasília, entre os dias 03 e 06 de fevereiro; juntamente da Ir. Olívia que compõe a comissão diocesana da Diocese Estância, onde também fez o repasse do Encontro Nacional da IAM.

Contamos com a presença muito significativa de coordenadores e assessores dos grupos da IAJUM, onde com muita disposição avaliamos a nossa caminhada de 2010 e lançamos propostas para 2011 de encontros de formação e intercâmbios missionários.

A noite do sábado foi realizado a Festa Missionária, com um Show de Calouros, Concursos de Piadas e muitas Dinâmicas. O nosso encontro foi um tempo também pra rezar à luz da Palavra a nossa caminha de Missionários.

Muitas saudades deste momento de VER, de ILUMINAÇÃO, de COMPROMISSO, de CELEBRAR e AVALIAR...

Jovem Missionário, Sempre Solidário!

De todas as Crianças do Mundo, Sempre Amigos !

Em Jesus Missionário do Pai;

Fonte: Francisco Erivanildo, Coordenador da Juventude Missionária em Aracaju/SE

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Participe do Cadastramento Nacional de Assessores/as de Juventude

Queridos assessores e queridas assessoras...

“E eles, imediatamente, deixaram as redes e o seguiram” (Mc 1,18).

Queremos fazer-lhe um convite simples e direto para o bem da juventude de nossos grupos de jovens. Você sabe que, assim como Jesus chamou os discípulos, somos chamados/as a segui-lo, como assessores/as convidados/as a exercer o ministério do acompanhamento à juventude.  É um lindo desafio este de acompanhar jovens, organizações e processos que favoreçam a construção da Civilização do Amor.

 Dando continuidade aos projetos iniciados pela Comissão Nacional de Assessores/as da Pastoral da Juventude e inspirados/as pelo chamado de Jesus, a caminhar com Ele no anúncio do Reino, em sintonia com a Igreja latino-americana vivenciando a mística de Belém, queremos ir ao encontro da vida que nasce em nosso meio, sentindo-nos desafiados pela Igreja do Brasil que deseja que se “fortaleçam as estruturas organizativas que acompanham os processos de educação na fé dos jovens” (Doc.85/CNBB - n.185).

 Queremos conhecer a cada um/a de vocês por meio de um CADASTRAMENTO NACIONAL DE ASSESSORES/AS DE JUVENTUDE. Este cadastramento consta de um pequeno formulário, onde você terá a oportunidade de apresentar suas áreas específicas de atuação para que possamos, juntos/as, apostar ainda mais na vida da juventude.

 Para acessar o formulário, clique no link: http://goo.gl/0QQHI e preencha-o. É simples, rápido e contribuirá muito no processo de evangelização da juventude.

Este cadastramento tem o objetivo de “identificar e capacitar pessoas, maduras na fé, chamadas por Deus para exercerem o ministério da assessoria e que estejam “... dispostas a servirem, com sua experiência e conhecimento, a partilha da descoberta de Cristo e seu projeto” (Doc. 85/CNBB - n. 203).

Contamos, por isso,  com a sua participação no preenchimento e na divulgação desta iniciativa que poderá potencializar e fortalecer o acompanhamento juvenil em nosso país. Agradecemos sua disposição  e contamos com sua colaboração.

Grande abraço,

Comissão Nacional de Assessores/as da Pastoral da Juventude – CNAPJ

Alessandra Miranda, Pe. Edson Thomassim, Joaquim Alberto Andrade Silva, Ir. Joilson Toledo, Ir. Maria Couto e Pe. Wander Torres.

Fonte: Anchietannum

Pastoral do Menor promove oficina em favor de Medidas Socioeducativas

Com o objetivo de apresentar a Campanha Nacional em favor de Medidas Socioeducativas e Contra a Redução da Idade Penal, a Pastoral do Menor Nacional está promovendo, por meio dos seus regionais, Oficinas de Argumentação.

A primeira mobilização aconteceu no dia 11 de dezembro de 2010, no Regional Sul 1 da CNBB (São Paulo) e contou com 45 participantes, entre  agentes de Pastoral das diversas dioceses da região, educadores da Unidade da Fundação Casa de Franco da Rocha, adolescentes que cumpriam medida de internação e funcionários de prefeituras.

Já o Regional Nordeste 5 da CNBB (Maranhão) nos dias 20 e 21 de janeiro deste ano, contou com a participação de representantes e parceiros da Fundação Terre Des Hommes, Conselho Municipal e Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Secretária da Criança e Assistência Social, Grupo Amar, Centro de Defesa padre Marcos Passerini e  Agencia de Noticiais da Infância Matraca.

Neste fim de semana, dias 18 e 19 é a vez do  Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo ) promover a Oficina de Argumentação Regionalizada, na diocese de São Mateus (ES). Estão programadas oficinas e debates sobre o tema "Dê Oportunidade - Medidas Socioeducativas responsabilizam, mudam vidas". São mais de 30 pessoas envolvidas nos trabalhos, entre adolescentes, agentes de pastorais e conselheiros, que terão o papel de fomentar o processo de debate e atuarão como multiplicadores da Campanha.

Outras informações sobre a Campanha "Dê Oportunidade - Medidas Socioeducativas responsabilizam, mudam vidas" pelo site www.pastoraldomenornacional.org

Fonte: CNBB

Cesep realiza curso online: “Juventude: caminhos para outro mundo possível”

O Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular (Cesep), de São Paulo/SP, em parceria com a Coordenação Central de Educação a Distância da PUC/RJ, realizará a partir do dia 1° de março a 30 de maio, o curso online: "Juventude: caminhos para outro mundo possível”.
 
O curso direcionado para jovens e pessoas que trabalham com jovens tem como objetivo analisar a situação em que vivem as diversas categorias de jovens no mundo de hoje, em especial no Brasil; Refletir sobre a importância das ações sociais e políticas afirmativas em favor da juventude; Fortalecer a organização e participação juvenil em grupos, pastorais, movimentos e outros espaços, no seguimento de Jesus Cristo.

Para mais informações acesse: http://www.cesep.org.br/

Fonte: Adital

Foi dada a largada para a 2ª Conferência Nacional de Juventude

Presidente do Conselho Nacional de Juventude e representante do Fórum Nacional de Movimentos e Organizações Juvenis (Fonajuves)

O ano de 2011 inaugura um novo ciclo político no Brasil. As eleições de 2010 renovaram a composição do Congresso Nacional, (re)elegeram novos/as Governadores/as e conduziu Dilma Roussef como a primeira Presidenta da República do Brasil. A Presidenta Dilma assumiu o compromisso de avançar o projeto político iniciado por Lula. Porém, temos consciência de que as mudanças e o aprofundamento das transformações sociais e políticas no Brasil dependem da capacidade de organização e da pressão do movimento social.

O desafio da juventude se torna muito grande nesse contexto. Vivenciamos uma série de conquistas com a construção da Política Nacional de Juventude (Lei 11.129/2005), com a criação da Secretaria Nacional de Juventude, do Conselho Nacional de Juventude, da execução do PROJOVEM e de políticas universais em várias áreas. No entanto, é preciso afirmar que as pautas da juventude ficaram fora do debate eleitoral e, ao que parece, é um tema periférico neste início de Governo. Muito se fez com Lula e, mesmo assim, estamos muito distante das expectativas dos/as jovens brasileiros/as.

Nos últimos anos, muitos foram os avanços no tema com a criação de conselhos e órgãos de gestão em inúmeros municípios e Estados brasileiros; com a aprovação da Emenda Constitucional 65 que introduziu a terminologia "Juventude” na Constituição Federal; com a realização de três edições do Encontro Nacional de Conselhos e; com a organização do Pacto da Juventude subscrito por inúmeros candidatos em todo o Brasil.

O ano de 2010 foi marcado pela maior população jovem de nossa história: 51 milhões. Nas próximas três décadas o Brasil viverá o chamado bônus demográfico, período que teremos uma população economicamente ativa maior do que a dependente, que atingirá seu pico no ano de 2022. Esta, sem dúvida, é uma das maiores oportunidades já vividas pelo país, somada ao bom momento político e econômico do Brasil com aumento dos empregos formais, diminuição da desigualdade social e a possibilidade de consolidação do processo democrático.

Por isso, o Brasil está diante de uma oportunidade única e o lugar que assumirá a juventude neste processo é uma questão central para projetar uma sociedade justa, desenvolvida e que assegure qualidade de vida aos seus cidadãos.

 Portanto, a realização da 2ª Conferência Nacional de Juventude, convocada por Decreto Presidencial no dia 12 de Agosto de 2010, com previsão de realização no ano de 2011, ganha centralidade na agenda política das juventudes. Estas precisam afirmar o seu direito de participar como sujeito estratégico do projeto de desenvolvimento do Brasil.

Na gestão de Lula, o Governo Federal desenvolveu o Plano Brasil 2022. A proposta traz uma reflexão sobre o futuro do país, fixando metas para 2022, ano que o Brasil comemora o bicentenário de sua independência. Coordenado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), com representantes de todos os Ministérios, as Casa Civil e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) o plano foi dividido em setores: Economia, Sociedade, Infraestrutura e Estado. O Plano constrói um balanço de cada setor e apontou metas e ações para os próximos anos no mundo, na América do Sul, no Brasil e também sinalizou metas para os próximos 100 anos para o país. A juventude deve ser se debruçar sobre este documento e, em uma perspectiva geracional, apresentar ao Governo suas expectativas para o presente e futuro.
Um salto necessário

A 1ª Conferência de Juventude foi um marco importante para o Brasil. Mais de 400 mil jovens participaram de um processo inovador, que se tornou referência para a democracia participativa brasileira. Como exemplo, citamos a realização de Conferências Livres em todo o território nacional. Naquele momento o lema da Conferência foi "Levante sua Bandeira”. Foi a oportunidade de os/as jovens apresentarem à sociedade brasileira seus anseios e demandas.
A 2ª Conferência Nacional de Juventude precisa dar um salto de qualidade, que amplie sua capilaridade e contribua para que a juventude opine sobre os grandes temas do país. Chegou a hora de afirmar quais são as políticas prioritárias do Governo Dilma, sugerir metas, prazos e como implementá-las com participação ativa da juventude. Para tanto, será preciso uma Secretaria Nacional de Juventude mais vigorosa, que consiga de fato assegurar a transversalidade de políticas universais que atendam a juventude no conjunto dos Ministérios de forma integrada, desenvolvendo sua capacidade de coordenar programas específicos inovadores.

A 2ª Conferência precisa deliberar de maneira decisiva a necessidade de avançarmos nos marcos legais da juventude e, portanto, fazer avançar as leis que tramitam no Congresso, como o Plano Nacional de Juventude e o Estatuto da Juventude. Nesse sentido, a definição sobre quais são os direitos da juventude, quais são as políticas e programas prioritárias para garanti-los e qual é o modelo de gestão devemos ter para executá-los, devem constituir as questões provocadoras para a elaboração do texto base que circulará pelo Brasil para a discussão.

A nova proposta de regimento da 2ª Conferência Nacional de Juventude apresentado pelo CONJUVE busca defender aspectos positivos da 1ª Conferência, como as Conferências Livres e criar novos mecanismos que ampliem a participação com a organização de um sistema que permita a participação virtual pela internet e as Conferências Territoriais, no âmbito dos Territórios da Cidadania, que permitirão maior participação dos/as jovens rurais, quilombolas, ribeirinhos e indígenas.

Por fim, a 2ª Conferência deve disparar uma discussão nos movimentos, organizações, redes e fóruns de juventude para a construção de uma pauta unificada da juventude que ajude a consolidar um calendário de lutas para o próximo ano. Sem luta social organizada, sem pressão política, dificilmente avançará a Política Nacional de Juventude.

Fonte: Adital - Gabriel Medina

"Cidade em movimento"


segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Parque da Juventude, em São Paulo, recebe a 3º Caminhada pela Valorização da Vida

Na semana que se comemora, na cidade de São Paulo, o Dia da Valorização da Vida - 1º de março, o CVV, serviço de utilidade pública do Centro de Valorização da Vida fará uma série de atividades para destacar a importância da data em nossa sociedade. Dia 27 de fevereiro de 2011, domingo, a partir das 9h da manhã, acontecerá a 3º Caminhada pela Valorização da Vida, onde percorreremos o entorno do Parque, situado na Av. Cruzeiro do Sul, 2500. A concentração será ao lado da estação Carandiru do Metrô. Após a Caminhada haverá apresentação musical do cantor Zé Geraldo.

A Caminhada é parte integrantes das atividades da 5ª Semana de Valorização da Vida, que acontecerá de 23 de fevereiro a 1º de março, em São Paulo. Todos os dias haverá palestras com o tema central Saúde Emocional, que reforça a importância do papel da entidade em apoiar e ouvir aqueles que buscam ajuda em diversos momentos da vida.

O CVV tem trabalhado intensamente na valorização da vida e prevenção do suicídio. Ato, já considerado um problema de saúde púbica. Há 49 anos, a entidade atua com sua equipe de voluntários fazendo o atendimento a todas as pessoas que buscam apoio emocional, sentem necessidade de conversar e, principalmente, serem ouvidas.

Voluntário há dez anos, Marcelo explica que a idéia foi usar o tema Saúde Emocional passando pelos ciclos de vida, como a infância, a adolescência, a fase adulta e a terceira idade. "Nosso foco é proporcionar à sociedade a possibilidade de reflexão sobre o que somos, de onde estamos e pra onde caminhamos em nossas vidas, além de relacionar a saúde emocional com a sustentabilidade".

Para mais informações, acesse www.cvvsp.com.br, pelo e-mail cvvsp@cvv.org.br ou visite nossa página no Facebook.

Mais sobre o CVV

 
CVV é o Programa de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio do Centro de Valorização da Vida. A entidade foi fundada em 1962, em São Paulo, e atualmente conta com 69 Postos nas grandes cidades brasileiras sendo, 37 com atendimento 24h e 32 com atendimento por faixas de horário. Atende anualmente mais de um milhão de chamadas através do fone 141. www.cvv.org.br

Fonte: CVV - Centro de Valorização da Vida

Curso capacita missionários para o Regional Noroeste da CNBB

Preparar os missionários que atuam na arquidiocese de Porto Velho (RO), e nas dioceses de Humaitá (AM), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Guajará-Mirim (RO), Ji-Paraná (RO) e na prelazia de Lábrea (AM). Este é o objetivo do primeiro Curso de Formação de Missionários para a Amazônia que o Regional Noroeste da CNBB (Acre, Rondônia e Sul do Amazonas) realiza desde o dia 14 em Porto Velho. São 52 participantes, dentre padres, religiosos e religiosas de diversas Ordens e Congregações, leigos e leigas, de várias regiões do país e estrangeiros.

"O curso se alinha à nova maneira de conceber a evangelização na Amazônia, isto é, uma ação evangelizadora que parta do conhecimento da vida e da cultura dos povos amazônidas e considere as questões sociais e ambientais próprias da região", explica Rita de Cássia, uma das participantes do curso.

Ao tratar do tema "Espiritualidade e Mística: sinais essenciais de serviço, diálogo, anúncio, testemunho", na quinta-feira, 17, o irmão marista, Sebastião Ferrarini, chamou a atenção para a diversidade das "Amazônias" e suas expressões religiosas.

Já o padre Ricardo convocou os participantes, no dia 18, a pensarem sobre o lugar e a tarefa da humanidade na criação a partir do tema "Teologia da criação e ecologia". "Nossa realidade histórica soa como um imperativo de que a teologia não pensa somente nas coisas do céu, mas que se debruce sobre as coisas da terra, que se torne progressivamente uma Teologia que considere nossos pés no chão", disse o padre.

Segundo o assessor, o momento atual é de crise ecológica que inclui outras crises como a social, a de sentido da vida e de valores. Para ele, as crises podem ser oportunidades para revisão de paradigmas e mudanças de referenciais.

"O grande desafio é harmonizar e integrar nossa humanidade. A compreensão do que somos, de onde viemos e para onde vamos passa também pela localização do ser humano na criação de Deus. Nossa busca de Deus está diretamente ligada ao nosso anseio de auto-compreensão como seres e partícipes inteligentes de uma grande teia da vida", ressaltou padre Ricardo.

Durante o curso, os missionários discutirão ainda: "História da Igreja na Amazônia", "Políticas Públicas, grandes projetos e presença da Igreja", "Teologia da Criação e elementos das religiões indígenas". Estão previstas também visitas a áreas missionárias na região da Capital.

Fonte: CNBB

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Mais um carnaval

O carnaval se aproxima e, como sempre, sinto certo desconforto e inquietação. Gostaria de ver com bons olhos essa festa popular brasileira, mas não consigo. Tantos abusos cometidos nessa época me entristecem. Milhões são gastos em fantasias que depois se jogam fora enquanto poderiam ser aproveitados para melhorar as condições dessas mesmas pessoas que desfilam. 

O que era um divertimento passou a ser uma competição desenfreada, uma arena de desentendimentos. Inúmeras mulheres comprometem sua saúde com dietas drásticas, lipoesculturas, colocação de próteses e silicone pelo corpo. Tudo para parecerem mais bonitas externamente, alheias à verdadeira beleza, que é interior. Roupas sumárias, revelando a intimidade física que, no meu entender, deveria ser preservada, pois nosso corpo é templo sagrado. Estrangeiros gastando fortunas para ficarem com meninas novas, levando-as precocemente à prostituição e à marginalidade; embebedando-as, drogando-as, abusando sexualmente delas. Tudo isso me causa grande pesar.

Pesa pra mim porque me importo com a vida dos meus irmãos, seja esse estrangeiro doente e oportunista seja essa menina que serve aos caprichos de um bando de marmanjões que não se interessam pelos sentimentos dela. Sofro pelos inúmeros jovens que vão perder suas vidas em acidentes automobilísticos decorrentes do abuso de álcool. Também por aqueles que terão overdose devido ao consumo excessivo de entorpecentes. Lamento pelas crianças que serão geradas porque os pais se deixaram levar pelo calor do momento, sem pensar nas consequências de seus atos. Algumas delas certamente serão abortadas e nem chegarão a nascer. Isso é realmente muito triste!

Jovem querido, leve em conta a minha sugestão, eu lhe peço. Cuide de você e não deixe que outros destruam a sua vida, nem permita que sua imaturidade o faça. Tudo tem o seu tempo certo. Ninguém vive a vida toda em quatro dias de carnaval. Não é bebendo e se drogando ou mantendo relações sexuais com diversas pessoas que você se sentirá satisfeito. 

A satisfação é decorrente da autoestima equilibrada, coerente. Toda pessoa experimenta gratificação ao se sentir amada, querida; e isso é muito diferente de ser desejada ou usada para fins egoístas. Use o bom senso para fazer suas escolhas e descarte aquelas que lhe parecerem abusivas ou excitantes demais. Nada que é demasiado faz bem. A justa medida normalmente é o meio termo.

Quero acreditar que, ao menos para você, este carnaval será momento de alegria e confraternização. Paquera, boas amizades, divertimento saudável. Tempo para descansar, conhecer novos lugares e pessoas, descontrair. É possível curtir o carnaval sem exageros, e assegurar que isso se repita por vários anos. Cuide-se, por favor. Seus pais investiram muito na sua formação e, mesmo que não demonstrem claramente, com certeza o amam de verdade. 

Não faça algo de que possa se arrepender no futuro. Nossas atitudes possuem sempre consequências, e nada é melhor que pousar a cabeça no travesseiro com a consciência tranquila. Neste ano, desejo sinceramente que você se lembre destas palavras, e tenha um bom carnaval!

Fonte: Maria Regina Canhos Vicentin - escritora

Petição para Campanha da Fraternidade 2013

O Setor Juventude da CNBB, através da Comissão Episcopal para o Laicato, rende graças a Deus pelas suas diferentes áreas de atuação – um verdadeiro dom de Deus para a vida da juventude do Brasil – buscando evangelizar em todos os lugares vitais onde os jovens estão inseridos.

Para potencializar nossa missão, estamos encabeçando um pedido para que, em 2013, toda a Igreja possa assumir a Campanha da Fraternidade com o tema da juventude. Para tanto, pedimos que todas as pastorais, movimentos, congregações religiosas, novas comunidades, organismos etc., somem forças conosco solicitando aos Bispos do Brasil a aprovação deste desejo.

Temos muitos motivos para fazer este pedido aos nossos pastores, mas ele só se tornará realidade se você colaborar, espalhando por todo Brasil – em nossos grupos, encontros, assembleias, retiros, eventos, escolas, universidades e paróquias – esta petição, cujo download pode ser feito no site do Setor Juventude.

Precisamos de um milhão de assinaturas de jovens, adultos, casais, idosos e de todos os que são apaixonados pela causa da juventude.

O prazo máximo para a coleta das assinaturas é de 17 de abril de 2011.

Mãos à obra! E vamos à luta, na fraternura juvenil!

Na unidade,

Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SDB
Bispo referencial do Setor Juventude da CNBB

Pe. Carlos Sávio da Costa Ribeiro
Assessor do Setor Juventude da CNBB


Fonte: Jovens Conectados

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Jesuítas: novo site para a província italiana, com espaços para o social, cultura, as missões e a cultura

 No âmbito da reestruturação do setor das comunicações, a província italiana da Companhia de Jesus comunica à Agência Fides, que é novo site www.gesuitinews.it, um espaço web onde é possível encontrar informações sobre eventos relativos às comunidades jesuítas que residem na Itália e na Albânia, e notícias sobre a vida da Companhia no mundo inteiro. O novo serviço consiste em várias seções: um calendário de eventos programados em toda a Itália, uma seção dedicada às notícias da Cúria Geral e de outras províncias, seções específicas dedicadas ao social, às missões, a espiritualidade inaciana, aos jovens, cultura e escolas. Um espaço é reservado também para a imprensa e resenhas de livros e revistas. A cada quinzena uma newesletter que recolhe todas as notícias publicadas na web é enviada aos jesuítas de toda a Itália, aos colaboradores e todos os interessados. E possível se inscrever para receber a newsletter diretamente no nosso site ou fazer  pedido ao: gesuitinews@gesuiti.it.

Fonte: Agência Fides

"Violência na Escola" é tema de Encontro da Pastoral da Educação do Regional Sul 1

Estão abertas as inscrições para o Encontro da Pastoral da Educação do Regional Sul 1 da CNBB (estado de São Paulo). O encontro será realizado na Casa Emaús, em Araras (SP), entre os dias 11 a 13 de março.

Durante o encontro será abordado assuntos importantes para a própria Pastoral e temas atuais como: violência na escola, especialmente o “bullying” e a descriminação por motivos raciais, como desenvolver a CF-2011 na escola, participação da pastoral na Mobilização pela Educação (MEC) inclusive o Parâmetro Nacional de Educação (PNE). O encontro possibilita ainda trocas de experiências e organização da Pastoral da Educação nas dioceses.

O evento deve reunir educadores comprometidos com a ação da Pastoral da Educação ou que se sintam vocacionados a colaborar nessa ação pastoral nas dioceses de São Paulo.

Em carta às dioceses, o bispo da diocese de Bauru e responsável pela Pastoral da Educação no Regional, dom Caetano Ferrari,  acredita “que uma Pastoral da Educação bem organizada e atuante em nossas dioceses, estimulará maior atenção à juventude, uma das prioridades da Igreja no Brasil e ao Ensino Religioso na escola pública”, disse.

As inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 3832-0180 ou e-mail sueli.viola@hotmail.com Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. e lasamaral@uol.com.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . A Casa Emaús fica localizada na avenida Dona Renata, 2360, Vila Queiroz – Araras – (SP) – telefone (19) 35420217.

Fonte: CNBB

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Regional NE 2 abre CF-2011 com Seminário sobre desmatamento

No dia 10 de março o Regional Nordeste 2 da CNBB (Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte) faz a abertura da Campanha da Fraternidade com um seminário sobre desmatamento e suas consequências. Além disso, a abertura conta ainda com um jantar, uma caminhada e uma celebração eucarística.

A abertura da CF-2011, “Fraternidade e a Vida no Planeta”, no Regional acontece no Imirá Plaza Hotel, via costeira de Natal. O seminário, cujo tema é "Quem desmata a terra, semeia inferno", uma frase dita pelo padre Cícero Romão Batista acontece no dia 11, também no Imirá.

No dia seguinte, na catedral de Natal, será celebrada missa, com a participação dos bispos do Regional Nordeste 2. Depois da missa, haverá caminhada pelas ruas do centro da capital potiguar.

Já estão confirmadas, para o seminário, as presenças de quatro palestrantes: o cantor e compositor padre Zezinho; o deputado federal pelo estado de São Paulo, Gabriel Chalita; teólogo, sociólogo e assessor de Cáritas Brasileira, Ivo Poletto; e o professor do Departamento de Física e coordenador da pós-graduação em mudanças climáticas, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Francisco Alexandre.

As inscrições para o Seminário estão abertas e podem ser feitas na sala do Setor Social da arquidiocese de Natal, no Centro Pastoral Pio X - subsolo da catedral, de segunda a sexta-feira, pela manhã e à tarde.  Mais informações pelo telefone (84) 3615-2800.

Fonte: CNBB

São João da Cruz - tema da audiência geral desta quarta-feira

Bento XVI apelou hoje à “purificação” da humanidade, afirmando que a santidade não é “privilégio” de poucas pessoas.
Na audiência publica semanal, realizada na manhã desta quarta feira o Papa apresentou uma reflexão sobre São João da Cruz, espanhol nascido em 1542 e falecido em 1591, religioso carmelita que é visto como uma das referências da história da espiritualidade da Igreja Católica.

O Papa destacou o fato deste santo ser “um dos mais importantes poetas líricos espanhóis” e disse que as suas obras propõem “um caminho de purificação da alma pela acção misteriosa do Espírito Santo até à união do amor com Deus”.
“São João da Cruz, cantor do Amor divino, exorta-nos a empreender resolutamente o caminho de purificação do nosso coração e da nossa vida, para reencontrar a luz de Cristo para além das nossas obscuridades humanas”, prosseguiu.
Para Bento XVI, “a santidade não é um privilégio de alguns, é a vocação a que cada cristão é chamado”.
 
Escutemos Bento XVI falando em português:
 
"Queridos irmãos e irmãs,

Há duas semanas apresentei a figura da grande mística espanhola Teresa de Jesus; hoje gostaria de falar de São João da Cruz, reformador junto com ela da Ordem Carmelita. Nasceu em uma família pobre, tendo ficado órfão de pai ainda jovem. Devido às suas qualidades humanas e resultados no estudo, foi admitido no Colégio dos Jesuítas em Medina do Campo. Terminada a sua formação, decidiu fazer-se Carmelita. Após ter sido ordenado sacerdote, conheceu Santa Teresa, a qual lhe expôs o plano reformador para a sua ordem religiosa, que daria origem aos Carmelitas Descalços. Contudo, a sua adesão à reforma, devido a injustiças e incompreensões, causou-lhe muito sofrimento. Por fim, depois de fazer parte do governo geral da família teresiana, morreu em 1591 [mil quinhentos e noventa e um], dizendo aos seus confrades que recitavam o Ofício Matutino: “Hoje vou cantar o Ofício no céu”. Suas principais obras, nas quais apresenta a sua profunda doutrina mística, são: Subida ao Monte Carmelo; Noite Escura; Cântico Espiritual e Chama viva de Amor.

Amados peregrinos de língua portuguesa: a todos saúdo cordialmente e recordo, com São João da Cruz, que a santidade não é privilégio de poucos, mas vocação a qual todo cristão é chamado. Por isso, exorto-vos a entrardes de modo sempre mais decidido no caminho de purificação do coração e da vida, para irdes ao encontro de Cristo. Somente nele jaz a verdadeira felicidade. Ide em paz!"

Após a catequese, Bento XVI saudou as Missionárias da Caridade, congregação religiosa fundada pela “inesquecível” Madre Teresa de Calcutá, agradecendo-lhes pelo seu “alegre testemunho cristão”.

Presentes na grande aula das audiências do Vaticano, com capacidade para mais de seis mil pessoas, estavam também os coordenadores regionais do chamado «Apostolado do Mar», a quem o Papa encorajou a “encontrar respostas pastorais adequadas aos problemas dos marítimos e das suas famílias”.
 
Ainda nas saudações em italiano, Bento XVI dirigiu-se aos representantes de uma instituição bancária, pedindo “um compromisso cada vez maior ao serviço das verdadeiras necessidades sociais”.

Fonte: Rádio Vaticano

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Envelhecendo em um minuto-(Dublado em Portugues)

Dom Fisichella inaugura a assembleia de Comunicação Social das dioceses espanholas

 "Comunicação e Cultura na missão da Igreja. A nova evangelização, novas linguagens ", este é o título da Assembléia dos Delegados Diocesanos responsáveis pela comunicação social, que começa hoje, 14 de fevereiro, na Casa da Igreja (sede da Conferência Episcopal Espanhola) em Madrid. O evento se concluirá em 16 de fevereiro. Segundo uma nota enviada à Agência Fides, a reunião será presidida pelo bispo de Lérida e Presidente da Comissão para a Comunicação Social (CEMCS), Dom Joan Piris Frigola. Para a ocasião, Monsenhor Rino Fisichella, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, realizará a conferência de abertura sobre “Nova Evangelização. 

O sentido cristão na sociedade de hoje”. Dom Franco Lever, decano da Faculdade de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Salesiana de Roma, presidirá a uma segunda reunião sobre "Comunicação e Cultura:.. Evangelização e novas linguagens", será o responsável por esta conferência. Em 15 de fevereiro, o professor de comunicação da Pontifícia Universidade da Santa Cruz em Roma, Marc Carroggio falará sobre o tema "O gabinete de comunicação social da Igreja e a cultura da controvérsia"; a esta intervenção se seguirá outro intitulado “A dimensão comunicativa do Dia Mundial da Juventude 2011”, em Madri, realizada pelo diretor executivo da Jornada Mundial da Juventude 2011, Yago de la Cierva. Às 19:00 horas haverá uma mesa redonda sobre as "Agências de Informação da Igreja", em que intervêm Paolo Bustaffa, diretor do Serviço de Informação Religiosa (Sir, Itália), Paulo Rocha, diretor da Agência Ecclesia e secretário da Comissão Episcopal para as Comunicações Sociais (Portugal) e Jesus de Las Heras, diretor da revista e ECCLESIA e ECCLESIA DIGITAL. 

O moderador da noite será Manuel María Bru, diretor do programa "El Espejo" e "Hoy es Domingo" da Cadeia COPE. No último dia do encontro será realizada uma conferência sobre "O grupo COPE, uma voz da Igreja na sociedade espanhola", que terá como palestrante Fernando Giménez Barriocanal, presidente do grupo COPE.

Fonte: Agência Fides
Local: Madri - Espanha

Ampliada Nacional reafirma missão e profetismo da Pastoral da Juventude

O último dia (15) da Ampliada Nacional da PJ realizada na cidade de Imperatriz (MA) iniciou inspirado na Mãe Maria que nos faz perceber na realidade o que é simples, possível e concreto. Os participantes reunidos desde o dia 8 de janeiro puderam reafirmar, a exemplo de Maria, o sim à vida, o sim à vida da juventude.
 
Ampliada nacional da pastoral da juventude

Plano de trabalho, secretaria nacional e comissão de assessores/as aprovados no último dia da Ampliada Nacional da PJ em Imperatriz


O período da manhã foi o momento de aprovação dos seis projetos nacionais: A Juventude Quer Viver, Teias da Comunicação, Mística e Construção, Caminhos de Esperança, Ajuri e Tecendo Relações. Sendo que o último é o mais novo dentro do conjunto de projetos da PJ. Foi também momento da plenária ouvir os candidatos a secretaria nacional: Francisco Crisóstomo – Thiesco (Norte 2) e Gabriel (leste 1).

Finalizando o período matinal os participantes estudaram em pequenos grupos o perfil, os critérios e as tarefas da Coordenação Nacional, Secretaria Nacional, Comissão Nacional de Assessores/as, representante no Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE), coordenação da Campanha Nacional contra a violência e o extermínio de jovens e a representação na Comissão Colegiada do Setor Juventude da CNBB. Após o estudo, foram apresentadas em plenária as indicações dos grupos.

Terminada a tarefa de rever os serviços, os/as delegados/as foram convidados/as a reunirem-se por regionais e indicarem seis nomes para compor a Comissão Nacional de Assessores/as (CNA) do próximo triênio. A partir desse trabalho, a Coordenação Nacional (CN) e CNA atuais reuniram-se e finalizaram o processo de composição. Antes da aclamação da CNA, teve o momento de escolha do secretário nacional, em momento de profunda oração.

O óleo que unge os caminhantes, as flores que embelezam o caminho e os/as jovens discípulos/as missionários/as conduziram a Mãe Aparecida em todos os regionais e na votação dos/as 78 delegados/as presentes.

Hildete Emanuele, então secretaria nacional, fez a contagem dos votos acompanhada de Raquel Pulita (CNA) e de Ana Clara (Sul 1), chegando ao resultado de  37 votos para Gabriel Jaste e 41 votos para Francisco Crisóstomo – Thiesco. Logo em seguida, Hildete acolhe Thiesco, em gesto de beleza e unção, rogando a Mãe Aparecida que abençoe e interceda pelo trabalho a ser realizado frente à secretaria nacional da PJ e também agradece a disponibilidade de Gabriel. Hildete finaliza o momento agradecendo a CN e CNA, pelos três anos vividos em comunidade e amizade.

Num momento tão emocionante quanto outro, a juventude presente agradeceu a Hildete seu trabalho alegre e missionário, desbravador e ousado, assim como, a CNA presente, na pessoa de Raquel Pulita (Centro Oeste) e Renato Barbosa (Leste 2), entregando presentes, cartas, apresentando vídeos com imagens durante os três anos de serviço e também entregando uma bandeira com as mãos dos/as delegados/as, representando a juventude brasileira.  Em seguida aclamou-se a nova CNA que nos próximos três anos será composta por: Alessandra Miranda (Centro Oeste), Pe. Wander Torres Costa (Leste 2), Ir. Joilson Toledo (Leste 2), Joaquim Alberto (Centro Oeste), Pe. Edson Thomassim (Sul 3) e Ir. Maria Couto (Norte 1). Tendo como assessor de transição, Renato Barbosa.

Finalizou-se o dia com a celebração eucarística de envio, presidida por dom Vilson Basso, bispo de Caxias/MA e referencial da juventude do regional Nordeste 5. Em sua homília, dom Vilson retomou os três medos da juventude: de morrer, de ficar desconectado e de sobrar, fazendo assim a ligação com os projetos nacionais assumidos nessa Ampliada Nacional. Destacando que o trabalho da Pastoral da Juventude é essencial para que a juventude brasileira possa ter vida, esteja conectada com o mundo e que possibilite a inclusão nos diversos cenários existentes. Ao final da celebração enviou os/as delegados/as para suas terras com a missão de anunciar a  Boa Nova da vida da juventude e da Pastoral da Juventude, a Boa Nova de Jesus Cristo.

A Ampliada Nacional de Imperatriz foi com certeza um marco na história da Pastoral da Juventude, pela intensidade dos momentos vividos, sejam eles de oração, celebrações, trabalhos de grupos e assessorias temáticas. A sintonia dos presentes e o interesse em construir juntos foi com certeza algo que deu um tom a mais para a atividade. O trabalho de comunicação fortaleceu a sinergia com a juventude e a Igreja do Brasil, divulgando diariamente nos meios eclesiais e sociais os acontecimentos da Ampliada. Foram transmissões ao vivo de diversos momentos, divulgação de fotos e vídeos, elaboração de textos. A Ampliada Nacional recebeu centenas de mensagens vindas de todo o país, bispos, padres, religiosos/as, assessores/as, jovens, organizações eclesiais e sociais e também de pessoas fora do país que acompanharam o evento pela internet.

Em breve, será concluído o relatório da Ampliada e divulgado para os/as delegados/as e em nossos meios de comunicação, assim como os outros materiais elaborados durante a atividade, os projetos nacionais, vídeos com entrevistas e momentos do evento, áudio de assessorias e outras novidades.

Desta forma, a Pastoral da Juventude Nacional agradece a participação presencial e virtual de todos/as que fizeram a Ampliada Nacional de Imperatriz acontecer. Que agora possamos fazer ecoar a luta pela vida da juventude, com muita missão e profetismo, reafirmando que o desejo da PJ é a vida de nosso povo, a vida dos/as das jovens (Est 7,3).

Fonte: Equipe Teias da Comunicação

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

JMJ: Divulgada agenda da visita de Bento XVI à Espanha

Inclui portadores de deficiência, voluntários, religiosas, seminaristas e docentes universitários
MADRI, quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011 (ZENIT.org) - Bento XVI se reunirá, pela primeira vez em uma Jornada Mundial da Juventude (JMJ), com professores universitários jovens. Terá outros encontros especiais, com jovens portadores de deficiência, seminaristas, religiosas e voluntários, em Madri, de 16 a 21 de agosto.
Estes atos se unem aos principais eventos da JMJ, que serão realizados na Plaza de Cibeles e no aeródromo Cuatro Vientos, informaram os organizadores da JMJ em coletiva de imprensa ontem.

Dom César Franco, coordenador geral da JMJ e bispo auxiliar de Madri, agradeceu a Bento XVI porque "generosamente aceitou todas as nossas propostas de encontros em que os jovens vão participar".

O Papa se reunirá com jovens professores universitários no Mosteiro de El Escorial. É comum que Bento XVI se reúna com representantes do mundo acadêmico em suas visitas pastorais, mas a primeira vez que ele faz isso no contexto da Jornada Mundial da Juventude.

Carla Diez de Rivera, diretora do Departamento de Cultura da JMJ, observou que "este encontro mostra uma predileção do Papa pelo âmbito universitário e da cultura, como ficou claro com eventos semelhantes na Alemanha, França e Inglaterra".

Além disso, também visitará a Fundación Instituto San José, um centro fundado em 1899, que trata de pessoas com deficiência mental e física e é atendido pelos Irmãos de São João de Deus.

O Papa se reunirá, nos momentos prévios à celebração da Vigília de Cuatro Vientos, com uma representação dos portadores de deficiência participantes da JMJ, assim como com os residentes do centro.

A Ordem Hospitaleira de São João de Deus está presente em cinco continentes, com cerca de 320 centros, cobrindo uma vasta gama de atividades de assistência.

María José González-Iglesias, coordenadora da Seção de Deficiência da JMJ, agradeceu Bento XVI por querer encontrar-se com esses jovens, sublinhando que "é um gesto muito bonito do Santo Padre para com as pessoas com deficiência".

O Papa também se encontrará com seminaristas e religiosas. Para os primeiros, celebrará uma Missa na Catedral de Almudena. O encontro com as jovens religiosas será realizado no Patio de los Reyes, do Mosteiro de El Escorial.

Para terminar a sua viagem à Espanha, o Bispo de Roma se reunirá com voluntários da Jornada Mundial da Juventude, do recinto de feiras IFEMA, para agradecer a todos aqueles que ofereceram apoio desinteressado à organização da JMJ.

Os atos complementares divulgados na quarta-feira estão integrados com os principais eventos da JMJ.

Na quinta-feira, 18 de agosto, dia da chegada de Bento XVI à cidade, haverá um evento de boas-vindas, com jovens do mundo inteiro, na Plaza Cibeles.

Na noite da sexta-feira, a Via Sacra da JMJ - com 14 esculturas de grande valor artístico e devocional, provenientes de diferentes partes do país - será realizada no Paseo de Recoletos, entre a Plaza Cibeles e Colón.

No sábado e no domingo, serão realizados os eventos para os quais se espera o maior número de participantes.

A vigília dos jovens, no sábado, e a Missa, no domingo, acontecerão no aeródromo de Cuatro Vientos, no sudoeste da cidade, a 8 quilômetros do centro de Madri. As instalações do histórico aeródromo já sediaram, em 2003, o encontro do Papa João Paulo II com jovens espanhóis, em sua última visita à Espanha.


Fonte: Zenit

Côn. Vidigal - A missão do jovem cristão

Para que um jovem cristão possa cumprir sua missão evangelizadora ele precisa  possuir, no coração, uma fonte de esperança, de nobres ideais, de otimismo alvissareiro.

Ter lá dentro de si, caudais de energias prontas a se concretizar em iniciativas pelo bem comum, pelo próximo, pela pátria, pela humanidade, imitando Jesus que afirmou que Ele " veio, não para ser servido, mas para servir" (Mt 20,28).

Saber  amar, cercando, sem cessar, de ternura e compreensão os entes queridos, pois tal é o preceito de Cristo: Amarás teu próximo como a ti mesmo (Mt 22,39). Fazer do dever de cada hora a felicidade mais inebriante, transformando a existência em sublime realização de si mesmo.

 Não tergiversar, nem vacilar ante os árduos embates da vida; mas enfrentar com ânimo varonil obstáculos e dificuldades, transpondo-os com olhos fitos em Cristo, que  afirmou: "Eu sou a videira; vós, os ramos. Quem permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer" (Jo 15,5).
Procurar não assimilar o erro, veiculado tão subtilmente, aqui e ali, nos jornais, nas revistas, no rádio, na televisão, na internet, nas palavras do falso amigo, lembrado da advertência de São Pedro: "Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar" (1 Pd 5,8).

Não entrar nunca em sites pornográficos e fugir do perigo maligno dos jogos  RPJ, pois diz a Bíblia: " Quem ama o perigo nele perecerá". (Eclo 3,27). Pugnar sem tréguas contra o mal, as tentações, os vícios;  evitando os caminhos fáceis.

 Estar certo de que espíritos superiores zelam pela saúde do corpo e da alma e, deste modo, detestam toda substância entorpecente, alucinógena, excitante, como a maconha, o haxixe, a cocaína, o álcool e tantas outras drogas que degradam o ser humano, lembrados das palavras paulinas: "Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?" (1Cor 3,16).

Ser livre e usar, com responsabilidade, a liberdade, atento às palavras do Apóstolo: "Fostes chamados à liberdade. Não abuseis, porém, da liberdade como pretexto para prazeres carnais. Pelo contrário, fazei-vos servos uns dos outros pela caridade" (Gl 5,13).

Não desanimar nunca, porém, ver o lado bom dos acontecimentos,  sempre acendendo uma vela e não lamentando a escuridão.

Se tudo isto ocorrer o jovem será um evangelizador eficiente, levando outros jovens a dizer: “ Já não sou eu quem vive, é Cristo quem vive em mim” (Gl 2,20).
 
Fonte: Côn. José Geraldo Vidigal de Carvalho
Local: Mariana (MG)

Mensagem dos jovens missionáris aos secretários das POM do Brasil

Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas...

Paulo, com sua dedicação e amor à missão diz com firmeza e clareza: "Ai de mim se não evangelizar" (cf. 1º Cor. 9,16)... Hoje essa frase ecoa e ressoa no mundo, contudo, muita gente ainda não o escutou ou nem sabe quem é Paulo talvez.

Deus é muito bom, deu-nos a graça de ouvir essa com exatidão através de pessoas que com amor responderam ao chamado de Deus.

Uns como Padre Edson Assunção, o costelinha, inventor da geração galinho, dinamizador e carismático, deu o recado e propagou o propósito de Deus, contudo, foi chamado a sentar-se ao lado do Pai; mas enquanto esteve presente nos alegrou e contagiou-nos com sua paixão pela Santa Infância como ele se referia. Saudade só temos do que é bom, por isso é a tradução do que sentimos da pessoa do Padre Edson... Obrigada padre.

Outros como Monsenhor Daniel Lagni que além de ter escutado, faz-se dessa frase seu slogan de posse paroquial, evidenciando sua paixão pela missão universal. Com sua firmeza, competência, otimismo, mesmo temendo, apostou na JM e caminhou com passos firmes na concretização do sonho. Hoje se despede da direção das POM, um cargo desempenhado com competência, espírito de grupo, liderança... Mas uma coisa vai ficar: a alegria de ser discípulo-missionário é que move e dá sentido a sua vida!

Estamos muito felizes porque hoje podemos chamá-lo querido amigo, a paixão pelo Reino e pela missão nos faz amigos-irmãos. Estamos com você sempre, é só fazer sinal de fumaça ou respirar fundo, estaremos presente dentro, porque perto estás se dentro estás, afinal, quem sempre esteve dentro nunca sai. Amamos você.

Não podíamos esquecer em momento algum de agradecer nosso querido Padre André, que é um grande missionário e nos contagiou com seu jeito manso e humilde, mas de uma sabedoria única e uma paixão verdadeira. Estaremos juntos e "por bondade" continue nos enviando gotinhas para nossa formação enquanto jovens e cidadãos melhores para um mundo melhor. Obrigada por tudo que fez pela JM neste tempo.

Quem vier, de onde vier, que venha em paz e senta-se conosco, pois és sempre bem-vindo:

Padre Marcelo, é muito bom tê-lo conosco neste caminhar. Sabemos do seu trabalho e sua paixão pela JM... Não estás sozinho, estamos juntos e queremos que conte conosco para dinamizar a JM no Brasil e no mundo, com nossas mãos unidas vamos mais longe.

Padre Camilo, temos um caminho juvenil pela frente, que a frase impulsionadora de Paulo, Padre Edson, Padre Daniel, Padre André, Padre Sávio, Padre Marcelo e cada jovem do Brasil, não cesse de ecoar e bater no seu coração.

Que Maria interceda a Deus por este novo tempo e que a alegria, paciência, amor e missão sejam sempre sua marca e opção de vida.

Deus abençoe!

Juventude Missionária do Brasil

Mensagem aos jovens missionários

Caríssimos Jovens Missionários!

“Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” (Mt 28,19)

Na certeza de criarmos comunhão com a vida missionária da Igreja e acreditando que a missão é um convite a todos os povos nos unimos a vocês através da oração nesses dias de encontro, reflexão e partilha dos trabalhos realizados. Com certeza o mesmo Espírito que animou os discípulos de Jesus, continuou os animando na missão. Graças à ousadia e audácia de Paulina Jaricot, uma grande missionária que apoiou às Missões de toda a história da Igreja sentindo a necessidade de colocar-se inteiramente a serviço da missão com o olhar universal sua Obra se expande e cresce por meio de vocês.

Muito são os jovens que na sua realidade esperam um convite, apoio, solidariedade, acolhida, enfim...Vocês tem uma missão de ser sal, luz e esperança a todos eles. Sejam corajosos, destemidos e ousados na caminhada, aqueles que vocês encontrarem pelo caminho estendam a mão, sigam o exemplo do Bom Samaritano, que foi solidário e por compaixão assumiu um compromisso de amor com o próprio Deus. Assim como ele façam também o mesmo. “Juventude Missionária, sempre solidária”!

Acreditem que o nosso Mestre Jesus está com vocês, Ele mesmo prometeu isso e conta conosco na missão.

Unidos a vocês pela oração estamos...

Agradecemos de coração a parceria realizada através do Blog da Juventude Missionária! Isso com certeza tornou o Projeto África Moçambique conhecido pelos jovens. Deus os recompense por tudo.

Um abraço fraterno...

Pela coordenação do Projeto África Moçambique...

Ir. Augusta.

Intercâmbio Missionário entre Tocantins e Goiás

Intercâmbio da JM de São Miguel do Araguaia/GO com o grupo de Figueiropolis/TO realizado na Paróquia São João Batista de Figueirópolis/TO, entre nos dias 29 e 30 de janeiro.



Fonte: Juventude Missionária - POM